terça-feira, 6 de setembro de 2011

Changes


Quando tinha uns dezenove aos, fiz a mochila e fui-me. Quatorze
meses depois voltei. Neste meio tempo, morei em Israel, em uma vila
beduína nas bordas do Mar Vermelho e em Londres. Visitamos
(eu e a mochila) vários países, inclusive um ou outro que nem estão
mais no mapa. Trabalhei em plantações de banana. Com inseminação
artificial de perus. Com mergulho em um dos melhores lugares
do planeta para isto e na Scotland Yard. Não fui Sherlock Holmes,
apenas exerci meus dons no bandeijão, lavando panelas. Me envolvi
com uma menina israelense e uma holandesa. Fiz amizades
ao redor do globo. Pena que a internet ainda não existia. Vi disco
voador e paisagens inacreditáveis. Museus, obras de arte,
monumentos e muito mais. Viajei de avião, no convés de um navio,
de lancha, bicicleta, camelo ou a pé. E quando estava ligando
aquela tecla mágica em direção a Índia, dei por encerrada este
capítulo da minha vida. Meu irmão iria se casar. A família
e uma ameaça de deserção falaram mais alto que gurus indianos.
E algumas semanas em casa, tentando me adaptar ao novo velho
mundo, percebi a mudança mais considerável em meu entorno.
Um semáforo novo em uma rua duas quadras de minha
casa. Esta foi a maior mudança que notei aqui por fora.
Aqui por dentro porém é que havia acontecido a mudança.
Granero alguma daria conta de tal transformação. Não é no trânsito.
A mudança é em você. Transforma você, cresce você, evolui você.
Não espere isto da CET ou de seus amigos. Espere de você.
Cultive em você. E nem é preciso uma viagem desta magnitude.
Ou uma doença desta magnitude. É preciso estar aberto e disposto
a mudanças. Mudei com a viagem. Mudei e estou em constante
mutação com a doença. Mude você também.
     

2 comentários:

caroline disse...

que pena que vc odeia facebook...ali tem tanta gente pra ler, curtir e compartilhar esses seus belíssimos textos...uma pena ficarem apenas aqui...

mas deixa comigo, ou te convenço a entrar lá, ou não me chamo Caroline Terese De Luizi Gouveia, a nova analista de Mídias Socias da agenciapic!

SIMONE SHITRIT disse...

por falar em mudar...aposto que vc leu e pensou o mesmo que eu...
mas falando de mim...acho que não quero mudar cla, estou bem assim...como eu sou...demorou 43 anos para eu olhar no espelho e dizer...estou contente com ok vejo...posso querer aperfeiçoar..lapidar, dar um brilho...mas mudar..não mesmo!